Siga-nos nas redes sociais

Olá, o que você está procurando?

Games

Por que a BGS não é mais relevante no Brasil?

BGS 2023

A Brasil Game Show (BGS) já foi um dos eventos mais aguardados pelos amantes de jogos e tecnologia no Brasil. Durante anos, a feira conquistou um lugar de destaque no cenário nacional e internacional, atraindo grandes nomes da indústria de games, fãs entusiasmados e criadores de conteúdo de renome.


No entanto, nos últimos anos, a relevância da BGS tem diminuído consideravelmente, principalmente devido à ausência de estandes oficiais de grandes empresas como Xbox, PlayStation, Twitch e YouTube, bem como a falta de participação de influenciadores e criadores de conteúdo que eram presença constante nas edições anteriores à pandemia em 2019.

BGS Vale a pena?

O Declínio dos Estandes Oficiais

A presença de estandes oficiais de grandes empresas de videogames sempre foi um dos pontos altos da BGS. Os fãs aguardavam ansiosos para ver as novidades e jogar os títulos mais esperados nos estandes da Xbox e PlayStation. No entanto, nos últimos anos, essas empresas têm reduzido sua participação na BGS. A ausência de estandes oficiais da Xbox e PlayStation é um dos principais motivos da perda de relevância do evento.

A redução da participação dessas gigantes da indústria de videogames pode ser atribuída a vários fatores. Primeiramente, as empresas estão optando por outros eventos e estratégias de marketing para apresentar seus produtos ao público brasileiro. Além disso, a pandemia de COVID-19 impactou a realização de eventos presenciais, levando muitas empresas a repensar suas estratégias de participação em feiras e exposições.

O Papel dos Criadores de Conteúdo

Outro fator que contribuiu para a diminuição da relevância da BGS foi a falta de presença dos grandes criadores de conteúdo. Antes da pandemia, a feira costumava ser um ponto de encontro para influenciadores digitais, streamers e YouTubers brasileiros e internacionais. Eles não apenas participavam do evento, mas também interagiam com os fãs, promoviam produtos e jogos e contribuíam para a atmosfera animada da BGS.

No entanto, a pandemia trouxe desafios significativos para a realização de eventos presenciais. As restrições de viagem, o distanciamento social e as preocupações com a saúde fizeram com que muitos criadores de conteúdo evitassem participar da BGS. Isso resultou em uma quebra na conexão entre os influenciadores e o público, o que era uma parte importante da experiência da feira.


Ainda vale a pena a BGS

A Evolução do Mercado de Games

Além da pandemia e das mudanças nas estratégias das empresas, o mercado de games no Brasil e no mundo está passando por uma evolução constante. A maneira como os jogos são distribuídos, consumidos e promovidos está mudando rapidamente. Plataformas digitais, serviços de assinatura e transmissões ao vivo estão se tornando cada vez mais importantes, e isso tem um impacto direto na forma como as empresas e os criadores de conteúdo interagem com o público.

Nesse contexto, a BGS precisa se adaptar para continuar sendo relevante. Isso inclui não apenas atrair grandes empresas de videogames, mas também criar oportunidades para a promoção de jogos independentes, o suporte aos desenvolvedores locais e a integração de elementos do cenário de eSports, que tem crescido significativamente no Brasil.

Por que a BGS não vale a pena?

O Futuro da BGS

A Brasil Game Show enfrenta desafios significativos para recuperar sua relevância no cenário de eventos de games no Brasil. É fundamental que a organização do evento busque maneiras inovadoras de atrair o público e as empresas, considerando a evolução do mercado e as mudanças no comportamento dos consumidores.

Uma abordagem mais diversificada, com maior foco em aspectos como jogos independentes, realidade virtual, eSports e conteúdo online, pode ajudar a revitalizar a BGS. Além disso, a criação de parcerias estratégicas com empresas e influenciadores relevantes é essencial para atrair novamente o público e a atenção da indústria.

Em resumo, a falta de estandes oficiais de grandes empresas de videogames e a ausência de criadores de conteúdo influentes contribuíram para a perda de relevância da BGS nos últimos anos. No entanto, com adaptação e inovação, a feira ainda tem a oportunidade de recuperar seu lugar de destaque no cenário de eventos de games no Brasil, desde que esteja disposta a se reinventar e acompanhar as mudanças constantes no mercado de jogos e entretenimento.



Sobre o Autor

Meu nome é Juan de Souza, tenho 24 anos, sou empresário, investidor, blogueiro, streamer e podcaster. Comecei o meu primeiro negócio aos 10 anos de idade, utilizando uma conexão discada no Brasil. Fundei negócios como o TFX, Coliseu Geek, dentre outros.

Visualizar comentários
Espaço Publicitário
Espaço Publicitário

Veja o que recomendamos do nosso Coliseu para você:

Papel de Parede da BGSPapel de Parede da BGS

Papel de Parede

A BGS ou Brasil Game Show é um evento brasileiro anual de videogames organizado pelo executivo Marcelo Tavares, que atualmente acontece em São Paulo...







Disclaimer: Priorizamos pela produção de conteúdo totalmente imparcial e seguimos essa definição à risca. Jamais, em nenhuma hipótese, você encontrará em nosso site artigos e produções com viés ideológico ou político. Analisamos e questionamos qualquer lado ou ponto de vista, de forma a trazer ao nosso público um conteúdo de alta qualidade e transparente possível.

Copyright © 2024 Coliseu Geek - Todos os direitos reservados. "Coliseu Geek" é um produto e propriedade da empresa TFX.